Nutrição: educar para prevenir

Alimentação e saúde andam de mãos dadas. De tal forma que, segundo dados do Global Burden Diseases de 2015, os hábitos alimentares inadequados são o principal fator que contribuiu para o total de anos de vida saudável perdidos pelos portugueses.

 

Embora a informação esteja disseminada por todo o lado, muitas vezes apenas à distância de um clique, nem toda a informação com a qual temos contacto está correta ou é proveniente de fontes credíveis e fidedignas. Num mundo onde todos comem, toda a gente tem a sua opinião sobre o assunto – o que pode chamar a atenção para situações interessantes, mas pode também ser origem de fake news. A verdade é que se criou cada vez mais espaço para a desinformação e isto exige aos consumidores um olhar bem atento sobre a temática.

 

A crescente procura e interesse por uma alimentação e estilo de vida saudáveis vem realçar ainda mais a importância da educação em nutrição. Esta não se deve prender apenas com o fornecimento da informação, mas com a capacitação de cada um, de forma a que os indivíduos tomem a iniciativa e controlo das suas escolhas.

 

E ter hábitos saudáveis não significa uma alimentação restritiva e monótona, tanto que variedade e diversificação alimentar é um dos seus pilares. A Dieta EasySlim® vai deixar-lhe alguns conselhos para seguir:

 

  • Faça refeições em horários regulares: não precisa de comer obrigatoriamente de 3 em 3 horas, mas tente manter o horário das refeições de dia para dia;
  • Diminua o consumo de sal e produtos salgados ou substitua-o por ervas aromáticas e especiarias: isto implica reduzir também o consumo de alimentos processados e enlatados, privilegiando sempre os frescos;
  • Evite ingerir açúcar e alimentos açucarados: prefira fontes de açúcar mais nutritivas, como fruta, leguminosas e cereais integrais;
  • Aumente o consumo de fruta e produtos hortícolas: tente ingerir pelo menos 5 porções no seu dia, podendo coloca-los nas refeições principais ou snacks;
  • Inclua a sopa no seu dia-a-dia: fácil de fazer, pode ser preparada em mais quantidade e congelada para estar sempre disponível. É uma ótima forma de ingerir hortícolas e variar os mesmos;
  • Consuma de preferência peixes e carnes magras (ex. aves ou coelho) e 2-3x na semana, consuma peixes gordos: não se esqueça de retirar sempre pele e gorduras visíveis;
  • Beba água em abundância ao longo do dia: simples, aromatizada, em chá (quente ou frio) ou café (com moderação);
  • Se consumir bebidas alcoólicas, faça-o com moderação: na generalidade, não fazem mais que acrescentar calorias à sua alimentação;
  • Reduza o consumo de gorduras saturadas e trans: enchidos, charcutarias, alimentos processados e outros que tais, devem ser evitados e reduzidos ao máximo;
  • Privilegie sempre o consumo do azeite e de frutos secos: fontes de gorduras saudáveis, têm um efeito protetor da nossa saúde. No entanto, devem ser consumidos com moderação;
  • Prefira métodos de culinária simples e saudáveis: como estufados, caldeiradas, cozidos e assados e grelhados (sem partes queimadas);
  • Escolha alimentos locais e da época: isto garante maior riqueza nutricional. Menos perdas de nutrientes e custos mais baixos;
  • Mantenha um peso saudável e pratique atividade física regularmente: o excesso de peso e obesidade estão associados a várias comorbilidades;
  • Consulte um nutricionista, caso sinta necessidade: sempre que considerar que a sua alimentação não está adequada aos seus objetivos ou tiver dúvidas em quais serão as melhores opções para si.

 

Conhece o ditado “mais vale prevenir a remediar”? Pois bem, com a nossa saúde deveria ser esse o lema. Sabemos que uma alimentação saudável promove a saúde do sistema imunológico, melhora o humor e a memória, reduz o cansaço e o stress, aumenta a qualidade do sono, previne o envelhecimento precoce da pele e o desenvolvimento de algumas doenças, melhora o sistema digestivo e fornece disposição e mais energia para as atividades diárias… então porque não colocá-la em prática tão cedo quanto possível e prevenir que os problemas apareçam? Só depende de cada um de nós fazê-lo, afinal de contas, a saúde é nossa.

 

 

 

*Os resultados variam de pessoa para pessoa e dependem da adesão ao programa.

**Custo de Chamada Local - Dias úteis das 9H00 às 13H00 e das 14H00 às 18H00