Fazer dieta provoca obstipação

Esta é uma questão muito comum quando se começa uma dieta e a resposta é: sim, é comum.

A obstipação, ou prisão de ventre, como é mais conhecido, é um efeito secundário muito comum para quem inicia uma dieta e existem várias razões para que isto aconteça. Contudo, é essencial reforçar que nem todas as pessoas ficam obstipadas na primeira fase de uma dieta e que esta reação depende sempre de vários fatores.

Inicialmente, é preciso definir o que é obstipação e compreender como e porque é que determinadas mudanças na alimentação levam a alterações no trânsito intestinal.

O que é obstipação?

A obstipação consiste na dificuldade da passagem de fezes nos intestinos, por não existirem fezes suficientes ou pela motilidade intestinal ser reduzida, havendo uma menor evacuação. Muitas pessoas acham que têm obstipação por não irem à casa de banho todos os dias, mas cada pessoa tem o seu padrão, havendo quem evacue duas a três vezes por dia enquanto outras duas vezes por semana, o que também pode ser normal.
A existência de fezes muito duras, haver um grande esforço na defecação ou ficar com a sensação de que a evacuação não foi completa são alguns sinais de que o intestino não está a funcionar corretamente.

Como é que fazer dieta pode provocar obstipação?

  • Menor consumo alimentar – Quando se reduz a ingestão de alimentos, não existe material suficiente para formação de fezes e os intestinos estão “vazios”.
  • Quantidade de fibras insuficiente – A fibra alimentar é um componente essencial das fezes consideradas normais e se o seu consumo é reduzido, é expectável que haja uma diminuição das idas à casa de banho.
  • Desidratação – A menor ingestão de líquidos faz com que as fezes fiquem menos hidratadas e mais duras, não havendo lubrificação destas e dificultando a sua passagem pelo intestino.

O que fazer?

  • Aumentar o consumo de fibras – Ingerir mais fibra pode ajudar a melhorar a obstipação e para isso basta consumir mais legumes, fruta (de preferência com casca), frutos secos, sementes e pão escuro.
  • Beber água diariamente – A água vai ajudar a transportar e evacuar as fezes e, por isso, deve beber-se no mínimo 1,5 litros por dia.  A água também vai atuar na limpeza e desintoxicação do organismo.
  • Consumir sopa – A sopa é uma boa fonte de legumes e fibra, para além de ser também rica em água.
  • Não ingerir alimentos processados.
  • Preferir iogurtes probióticos – Os iogurtes probióticos, assim como o kefir, vão apoiar o bom funcionamento intestinal através da propagação de bactérias boas para o organismo.
  • Praticar atividade física – O exercício físico vai facilitar os movimentos intestinais e aumentar os níveis de óxido nítrico, ajudando no esvaziamento. Especialistas dizem que caminhada é das melhores atividades para o efeito.
  • Educar o intestino, criando hábitos e horários para ir à casa de banho.

É de realçar que a obstipação pode ocorrer por vários motivos e não necessariamente pelo começo de uma dieta. Nesse sentido, e ao pensar em perder peso, deve fazê-lo com o acompanhamento de um profissional de saúde. Por vezes a dieta também pode agravar uma condição pré-existente, tornando-a mais evidente.
Se tiver sintomas de obstipação e estes conselhos não funcionarem, procure pelo aconselhamento de um profissional.

Caso tenha mais dúvidas sobre a sua situação em específico, procure um nutricionista da DIETA EASYSLIM® e agende um rastreio gratuito.

*Os resultados variam de pessoa para pessoa e dependem da adesão ao programa.

**Custo de Chamada Local - Dias úteis das 9H00 às 13H00 e das 14H00 às 18H00